Filtros

Continente

País

    514 - O MELHOR da GUIANA

    Tipo: Circuito
    Partida: Georgetown
    Duração: 16 dias
    Chegada: Georgetown
    Destaques: Georgetown, Cataratas de Kaieteur, Floresta Tropical de Iwokrama, Surama, Annai, Karanambu (Região Norte de Rupununi), Yupukari (Região Centro de Rupununi)

    Itinerário

    Circuito Regular ou Privado com guia em Inglês | 21 refeições incluídas
     
    ITINERÁRIO (resumo):
    1º dia – 
    Portugal / Miami (avião)
    2º dia – Miami / Georgetown (avião)
    3º dia – Georgetown / Cataratas de Kaieteur / Georgetown
    4º dia – Georgetown / Floresta Tropical de Iwokrama
    5º dia – Floresta Tropical de Iwokrama
    6º dia – Floresta Tropical de Iwokrama
    7º dia – Floresta Tropical de Iwokrama
    8º dia – Floresta Tropical de Iwokrama / Surama
    9º dia – Surama
    10º dia – Surama / Annai (Região Norte de Rupununi)
    11º dia – Annai / Karanambu (Região Norte de Rupununi)
    12º dia – Karanambu / Yupukari (Região Centro de Rupununi)
    13º dia – Yupukari (Região Centro de Rupununi)
    14º dia – Yupukari (Região Centro de Rupununi) / Georgetown
    15º dia – Georgetown / Portugal (avião)
    16º dia – Chegada a Portugal
     
    Legenda (P, A, J)
    P = Pequeno-almoço   A = Almoço   J = Jantar
     
    1º dia – PORTUGAL MIAMI (-, -, -)
    Comparência no aeroporto 120 minutos antes da partida. Formalidades de embarque e partida a Miami. Chegada e transfer por conta própria para o hotel.
     
    2º dia – MIAMI GEORGETOWN (P, -, -)
    Pequeno-almoço no hotel. Transfer por conta própria para o aeroporto e embarque com destino a Georgetown. Chegada a Georgetown e transporte para o lodge. Construído na década de 1840, o Cara Lodge apresenta a longa e romântica história do primeiro Lord Mayor de Georgetown. Esta propriedade fora, ao longo de vários anos, visitada por muitos dignatários, entre eles o Rei Eduardo VII, o Presidente Estadunidense Jimmy Carter e o Príncipe Carlos. Desfrute da agradável atmosfera familiar que caracteriza este alojamento.
     
    3º dia – GEORGETOWN / CATARATAS de KAIETEUR / GEORGETOWN (P, -, -)
    Pequeno-almoço no hotel. Transfer ao aeroporto e embarque num voo programado até às Cataratas de Kaieteur, durante o qual terá oportunidade de apreciar uma paisagem impressionante sobre os rios Demerara e Essequibo, e sobre a centenas de quilómetros de floresta tropical. Consideradas a queda de água mais alta do mundo – com 228 metros de altura -, as Cataratas de Kaieteur foram avistadas, pela primeira vez, a 29 de Abril de 1870, e são consideradas uma das maravilhas naturais do mundo. Reza a lenda ameríndia da Tribo Patamona que, Kai, um chefe tribal, se terá sacrificado ao Grande Espírito Makonaima nestas cataratas para salvar a sua tribo de ser destruída por Caribishi. Aqui, terá oportunidade de apreciar espécies únicas, como a Tank Bromeliads – a maior do mundo -, onde habita a Rã Dourada; o Galo-da-Rocha; a Andorinha de Kaieteur; ou os Pássaros de Makonaima. Regresso a Georgetown. Alojamento. 
     
    Nota: O voo com destino às Cataratas de Kaieteur opera como charter, estando sujeito a um mínimo de 5 passageiros. Caso as condições mínimas não se reúnam, o voo será reprogramado para outro dia durante a sua estadia ou então, a título excepcional, operado com um mínimo de 2 passageiros, somente para Cataratas de Kaieteur. 
     
    4º dia – GEORGETOWN FLORESTA TROPICAL de IWOKRAMA (P, A, J)
    Pequeno-almoço no lodge. Transfer ao aeroporto e embarque num voo com destino à área florestal de Iwokrama, durante o qual terá, novamente, oportunidade de apreciar a inigualável paisagem que caracteriza os rios Demerara e Essequibo, que serpenteiam por entre centenas de quilómetros de floresta tropical. À chegada, transporte em veículo todo-o-terreno até ao lodge. Estabelecida desde 1996 como Centro Internacional para a Conservação e Desenvolvimento da Floresta Tropical, a Floresta de Iwokrama encontra-se localizada no coração de uma das poucas áreas florestais no mundo, ainda incólumes. Iwokrama é considerada um verdadeiro laboratório vivo, cujo principal trabalho é desenvolver políticas sustentáveis, em cooperação com as populações locais, que conduzam à sua preservação e das espécies que nela habitam. O povo Makushi, que habita esta área florestal desde há milhares de anos, é parte essencial do ecossistema de Iwokrama. Usufrua da oportunidade de explorar os trilhos existentes ao redor do lodge, que constitui um lugar excepcional para a observação de aves, entre elas a Ave-capuchinha, o arapaçu-assobiador, o Saurá, a Ariramba-bronzeada, entre muitas outras. Ao entardecer, passeio ao longo do rio, na esperança de observar jacarés e ouvir os pássaros noturnos, assim como pumas ou capivaras. Regresso ao lodge. Almoço e jantar incluído.
     
    5º dia – FLORESTA TROPICAL de IWOKRAMA (P, A, J)
    Despertar matutino, para um passeio de barco junto à Indian House Island. Regresso ao lodge para pequeno-almoço. Embarque novamente numa viagem de barco, mas desta vez em direcção à Turtle Mountain, para uma caminhada de observação de pássaros. A duração da caminha é de, aproximadamente, 1 hora e 45 minutos, mas verá o seu esforço recompensado na chegada ao topo da montanha, onde encontrará uma paisagem avassaladora sobre a floresta. Aqui terá a oportunidade de apreciar diversas espécies, entre elas o Green Aracari, o White Bellbird, diferentes tipos de águia, o macaco-aranha castanho e, num dia de sorte, o jaguar. Ao final do dia, desfrute de um passeio de barco às Cataratas de Kurupukari, para ver os petróglifos Ameríndios (dependendo do nível da água). Regresso ao lodge. Almoço e jantar incluído.
     
    Nota: A realização desta caminhada pressupõe alguma preparação física, pelo que poderá, em alternativa, realizar um passeio de barco no Lago Stanley em busca de espécies típicas deste habitat, como as lontras gigantes e o jacaré-negro.  
     
    6º dia – FLORESTA TROPICAL de IWOKRAMA (P, A, J)
    Pequeno-almoço no lodge. Dia dedicado a explorar os trilhos em redor do lodge. Saída em veículo todo-o-terreno, ao longo de uma trilha, cujo principal atractivo é o Jaguar, que tem vindo a ganhar reputação internacional, fruto da amistosa convivência entre os jaguares e os curiosos humanos. Ao longo da estrada, tempo para admirar a panóplia de espécies de pássaros que habitam esta zona florestal, incluindo o Corvo, a Anambeúna, o Papagaio-de-Asa-Laranja, o Jacamim-de-Costas-Cinzentas. Esta estrada, entre savana e montanha, constitui o único acesso norte-sul na Guiana, assim como estabelece o ponto fronteiriço com o Brasil. Chegada ao Iwokrama Canopy Walkway, situado em Mauisparu. Este passadiço é composto por três plataformas, estando a mais elevada situada a mais de 30 metros de altura, facto que lhe concederá a oportunidade de admirar uma grande variedade de espécies, que dificilmente contemplaria do solo, entre elas a Preguiça, o Periquito-de-asa-dourada, o Zidedê-de-asa-cinza e várias espécies de Cotinga. Outra das áreas que merece a atenção dos amantes de pássaros é clareira em torno do lodge, muitas vezes visitada pelo “must see” da Guiana: o Crimson Fruitcrow. Desfrute ao máximo desta experiência de total imersão na floresta tropical. Almoço e jantar incluído.   
     
    7º dia – FLORESTA TROPICAL de IWOKRAMA (P, A, J)
    Antes do amanhecer, visite novamente o passadiço para observação de outras espécies de aves, como o beija-flor-safira, o Araçari, o Pygmy Antwren e o Streaked-Antwren, assim como diferentes espécies de macacos. Para os interessados em botânica, existam muitos trilhos com árvores marcadas, em redor das quais encontrará insectos deslumbrantes, anfíbios ruidosos e alegres primatas que fazem desta floresta um lugar de vida selvagem extraordinária. Ao entardecer, poderá observar o Urutau-de-asa-branca, uma espécie típica das áreas tropicais húmidas de baixa altitude. Almoço e jantar incluído.
     
    8º dia – FLORESTA TROPICAL de IWOKRAMA / SURAMA (P, A, J)
    Pela manhã, regresso ao passadiço, desta vez para visita ao nível médio e superior. Regresso ao lodge para pequeno-almoço e saída em direcção a Surama, em veículo todo-o-terreno. Em rota, escute as explicações dos guias sobre o uso das plantas autóctones da Floresta Tropical de Iwokrama. Surama localiza-se no coração da Guiana, rodeada pelas montanhas cobertas pela Floresta de Pakaraima. Os seus habitantes pertencem, essencialmente, à tribo Macushi e continuam a pôr em prática as tradições dos seus antepassados. Esta comunidade apresenta uma localização privilegiada, isolada e idílica, que lhe permitirá fazer uma escapadinha por entre a natureza. À chegada à comunidade ameríndia de Surama, será recebido pela equipa local e levado ao alojamento, no Surama Ecolodge. Depois de instalado, um guia local acompanhá-lo-á numa breve caminhada ao longo dos trilhos de floresta e, ao final da tarde, num passeio pela aldeia, durante o qual visitaremos a escola local, o centro médico, a igreja e as casas tradicionais. À noite, saída para uma caminhada educativa para observação da vida selvagem e experimentar a mística da floresta após o anoitecer. Usufrua da sapiência dos guias, que cresceram no seio da floresta e apresentam um conhecimento profundo sobre a floresta e os seus recursos. Almoço e jantar incluído.     
     
    9º dia – SURAMA (P, A, J)
    Pequeno-almoço no lodge. Saída matinal para uma caminhada através da savana e, posterior, subida à Montanha de Surama. Desfrute da natureza no seu estado mais puro e das vistas desafogadas sobre a aldeia e a Montanha de Pacaraima, que separa a Guiana do Brasil e Venezuela. Regresso à vila para almoço e continuação para uma caminhada de 3km ao longo da savana e floresta, até alcançar o Rio Burro Burro, onde os guias o orientarão num passeio para observação das mais variadas espécies. Regresso à vila ao final do dia, para o pôr-de-sol. Alojamento. Almoço e jantar incluído.
     
    10º dia – SURAMA / ANNAI (Região Norte de Rupununi) (P, A, J)
    Pequeno-almoço no lodge. Saída em direcção a Rock View Lodge, situado em Annai. Rock View assemelha-se a um oásis na savana, repleto de jardins tropicais e árvores floridas. A flora local atrai várias espécies de aves, nomeadamente aves que se alimentam de néctar e frutos. Oportunidade para ver artesanato local e o seu processo de criação. Possibilidade de experimentar produtos locais, como é o caso da castanha de caju, que necessita de um método de trabalho intensivo para a sua abertura. Almoço e jantar incluído.
     
    11º dia – ANNAI / KARANAMBU (Região Norte de Rupununi) (P, A, J)
    Pequeno-almoço no lodge. Antes da saída, poderá optar por dar um passeio na floresta para procurar animais selvagens e pássaros ou simplesmente relaxar no lodge. Em hora a indicar localmente transfer em veículo todo terreno até Ginep Landing, onde embarcaremos numa viagem ao longo do Rio Rupununi, durante a qual terá oportunidade de avistar os grupos de lontras-gigantes que habitam este trecho do rio. Chegada ao Karanambu Lodge, uma fazenda com 100 quilómetros quadrados, onde encontrará a residência de Diana McTurk, uma naturalista e especialista em lontras gigantes, de renome mundial. Esta reserva situa-se na parte Norte de Rupununi, uma região conhecida pelos seus pantanais e savana, assim como pela vasta diversidade biológica e cultural, facto que lhe concedeu a classificação de destino de ecoturismo. Deixe-se envolver por uma paisagem composta por diferentes tipos de ecossistemas - zonas húmidas, savanas, rios e florestas -, onde habitam inúmeras espécies de peixes, aves e mamíferos, que compõe uma amálgama biológica fascinante, no seio da qual poderá encontrar espécies em perigo como a Lontra Gigante, o Caimão Preto, o Jaguar, o conhecido “Papa-formigas” e o Pirarucu. Esta região é, também, muito rica em termos culturais, tendo sido pátria do Povo Makushi, que ali fundou as aldeias de Kwaimatta, Massara, Yupukari, Toka e Simoni. Foram vários os exploradores e naturalistas a escrever sobre as suas experiências nesta região, atraídos pela lenda do “El Dorado”, que narrava a existência de uma cidade construída, única e exclusivamente, em ouro. Ao final da tarde, passeio de barco, durante o qual terá oportunidade de observar Lontras Gigantes e apreciar os nenúfares gigantes – Amazonia Regis -, que florescem nos lagos, ao anoitecer. Destaque, ainda, para o Caimão Preto e outras espécies noctívagas. Regresso ao lodge. Almoço e jantar incluído.  
     
    12º dia – KARANAMBU (Região Centro de Rupununi) (P, A, J)
    Pequeno-almoço no lodge. Saída matutina em direcção a uma área de pastagem, lar de uma população de Tamanduás gigantes, comumente conhecidas como Papa-Formigas, o grande mamífero insectívoro nativo da América Central e do Sul. Esta é uma espécie facilmente identificável: focinho alongado, cauda espessa, longas garras de proa e pelagem colorida. Alimenta-se, essencialmente, de formigas e térmitas, servindo-se das garras para desenterra-las, e da sua longa e pegajosa língua para recolhê-las. À noite, visita a uma lagoa nas proximidades do lodge, durante a qual poderá observar centenas de Íbis, Cararás e Garças. Esta é uma região caracterizada por uma enorme variedade de aves, pelo que se for um apaixonado pela observação de pássaros, poderá explorar a floresta existente ao longo do rio, para encontrar um sem número de espécies, entre as quais se destaca a Garça-do-Mata. Regresso ao lodge. Almoço e jantar incluído. 

     
    13º dia – KARANAMBU / YUPUKARI (Região Centro de Rupununi) (P, A, J)
    De manhã, bem cedo, tempo para uma caminhada em busca dos famosos Papa-Formigas, caso não tenha tido a oportunidade de se encontrar com estes caricatos animais. Findo o passeio, regresso ao lodge para pequeno-almoço, antes de sair em direcção à aldeia ameríndia de Yupukari e à conhecida Caiman House, onde ficará hospedado. A Caiman House Field Station apresenta um conceito inovador, que combina um guest-lodge com um centro educativo, onde se desenvolvem projectos de investigação e conservação ao longo do Rio Rupununi. Este é um empreendimento sem fins lucrativos, cujo principal objectivo é gerar emprego e fundos passíveis de promover um desenvolvimento sustentável ao nível da educação. Interaja com os artesãos locais - Yupukari Crafters -, famosos pelos seus belíssimos trabalhos em madeira, conheça os espaços que compõe aldeia e participe das expedições em busca desta espécie em extinção: o Jacaré-Negro. Almoço e jantar incluído.

    14º dia – YUPUKARI (Região Centro de Rupununi) GEORGETOWN (P, -, -)
    Pequeno-almoço no lodge. Em hora a indicar localmente transfer ao aeródromo, para embarque num voo com destino à capital e maior cidade da Guiana: Georgetown, situada na margem direita do estuário do Rio Demerara. Chegada e transfer ao lodge. Projectada, em grande parte, pelos holandeses, Georgetown apresenta um padrão rectangular com avenidas largas arborizadas e canais de irrigação que cruzam a cidade. A maioria dos seus edifícios são em madeira, com uma arquitetura excecional, que remonta aos séculos XVIII e XIX, representativas do estilo colonial, de que é exemplo a Casa do Estado, construída em 1852. A não perder: a famosa Catedral de São Jorge, cuja pedra de fundação foi colocada a 23 de Novembro de 1890, local onde poderá conhecer um pouco mais acerca da história deste monumento, numa narração histórica e sentimental sobre a Guiana e a Diocese; e os edifícios presentes na Avenida da República, onde encontrará a Biblioteca Pública – alojada no Edifício Carnegie -, a Câmara Municipal – um exemplar esplêndido da arquitetura gótica -, os Tribunais de Victoria e a Igreja de Saint Andrews. Desfrute de um passeio pelo famoso Mercado de Stabroek, descrito por muitos como “bizarro” e onde poderá encontrar todo o tipo de bens, desde mobiliário, a jóias e mercearia, que são transportados diariamente por via fluvial. Outros dois locais obrigatórios nesta visita a Georgetown são o Jardim Botânico, Museu Nacional e o Museu de Antropologia Walter Roth, onde terá oportunidade de ficar a conhecer um pouco melhor a história ameríndia. Alojamento.
     
    15º dia – GEORGETOWN PORTUGAL (P, -, -)
    Pequeno-almoço no hotel. Em hora a combinar localmente, transfer ao Aeroporto Internacional de Cheddi Jagan partida para Portugal. Noite a bordo.
     
    16º dia – Chegada a PORTUGAL
     
    Legenda (P, A, J)
    P = Pequeno-almoço   A = Almoço   J = Jantar
     

    Fim dos nossos serviços.

    Datas, Preços, Suplementos

    DATAS de PARTIDA em CIRCUITO REGULAR:
    MARÇO: 01
    MAIO: 03
    AGOSTO: 09
    SETEMBRO: 06
    OUTUBRO: 04
    NOVEMBRO: 08
    DECEMBRO: 06
     
    DIAS de PARTIDA em CIRCUITO PRIVADO: Diários
     
    Preço por pessoa segundo ocupação no quarto (mínimo 2 participantes):
     
    HOTÉIS PREVISTOS ou SIMILARES:
    MIAMI – Hotel a informar
    GEORGETOWN – Cara Lodge
    IWOKRAMA – Iwokrama River Lodge (4º ao 6º dia)  e Atta Rainforest Lodge (6º ao 8º dia)
    SURAMA – Surama Ecolodge
    ANNAI (Região de Rupununi) – Rock View Lodge 
    KARANAMBU (Região de Rupununi) – Karanambu Lodge
    YUPUKARI (Região de Rupununi) – Caiman House
     
    PERÍODO: Circuito Regular Circuito Privado
    DUPLO SINGLE DUPLO SINGLE
    01/02/19 a 30/06/19 5 765,00 € 6 300,00 € 6 075,00 € 6 610,00 €
    01/07/19 a 05/09/19 5 965,00 € 6 500,00 € 6 275,00 € 6 810,00 €
    06/09/19 a 10/12/19 5 765,00 € 6 300,00 € 6 075,00 € 6 610,00 €

     
    Nota importante: Nas tabelas de preços, apresentamos 2 modalidades distintas de viajar:
    - Circuito Regular, significa que o circuito é em conjunto com outras pessoas; e
    - Circuito Privado, significa que o circuito NÃO é em conjunto com outras pessoas. Veículo e guia exclusivos. 
     
    Nota: Este programa foi calculado com base numa tarifa aérea acordada com a companhia aérea TAP e CARIBBEAN AIRLINES. Caso não haja disponibilidade de lugares nessa tarifa, ofereceremos uma alternativa no escalão tarifário seguinte, mediante suplemento. A classe de reserva que serve de base ao programa é a classe “T”.
     
    Suplemento de tarifa aérea com a TAP e CARIBBEAN AIRLINES:
     
    Período Classe T Classe E Classe U Classe L Classe K
    01/04/19 a 10/12/19 sem supl. 84,00 € 164,00 € 256,00 € 346,00 €
    A partir de 11/12/19 a informar


    Taxas de aviação = 429,00 € por pessoa (valor a reconfirmar na data de emissão dos bilhetes)
     
    Preço final por pessoa = Preço do quadro de acordo com a opção escolhida + Suplemento de Tarifa Aérea (se existir) + Taxas de Aviação (a reconfirmar na altura da emissão dos Bilhetes)

    Outras Informações

    O preço inclui:
    - Passagem aérea mencionada, em classe económica
    - Transfers aeroporto / hotel / aeroporto na Guiana 
    - 1 noite em Miami, em regime de alojamento e pequeno-almoço
    - 14 noites na Guiana, em regime de alojamento e pensão completa (excepto no 2º, 3º e 15º dias)
    - Todos os transfers terrestres e fluviais
    - Voos internos na Guiana (*)
    - Actividades e excursões, de acordo com o mencionado no itinerário
    - Guias locais de língua inglesa
    - Taxa de entrada no Parque Nacional de Kaieteur 
    - Taxa de pernoite no Reserva Florestal de Iwokrama
    - Taxa de entrada no Passadiço de Iwokrama
    - Seguro de viagem
     
    Nota (*): Devido à limitação de peso associada ao tipo de aparelho que opera os voos internos, informamos que todos os passageiros terão que fornecer dados relativos ao seu peso corporal e estão limitados a uma bagagem de 9,1kg. No caso da bagagem, o não cumprimento do limite estabelecido, pressupõe o pagamento de um valor adicional, a ser calculado por kg, e encontra-se sujeito a disponibilidade ao dia/hora de check-in.     
     
    O preço não inclui:
    - Taxas de aviação (a informar depois de cálculo)
    - Taxa de embarque (valor sob consulta)
    - Transfers aeroporto / hotel em Miami 
    - Bebidas alcoólicas nos bares das unidades de alojamento
    - Visto de entrada nos Estados Unidos da América
    - Visto de entrada na Guiana
    - Extras ou actividades de carácter pessoal
    - Serviços não mencionados
     
    Seguro de viagem:
    - Todas as viagens organizadas pela 4x4 Viagens, estão cobertas por um seguro de viagem
    - Existem três tipos de seguro: o MULTIVIAGENS (incluído no preço), o MULTIVIAGENS VIP e o MULTIVIAGENS ALL IN.
    - As condições gerais de cada seguro poderão ser consultadas no final da página do nosso site.
     
    Passaporte, Vistos e Vacinas:
    - Passaporte com validade mínima de 6 meses
    - É necessário visto de entrada na Guiana para cidadãos Portugueses (consultar)
    - São válidos para entrar nos Estados Unidos sem visto, todos os passaportes emitidos a partir de 01 de Janeiro de 2001 não sendo obrigatório ter um passaporte biométrico, pois esses passaportes já possuem fotografia digitalizada e leitura ótica.
    - Todos os passageiros oriundos de países sem visto obrigatório, ao abrigo do Programa de Isenção de Vistos, no qual se inclui Portugal, e que pretendam entrar nos Estados Unidos vão ter de pedir, a partir de 12 de Janeiro de 2009, uma autorização via Internet; é necessário preencher um formulário de autorização na página web https://esta.cbp.dhs.gov. Depois do formulário preenchido, podem aparecer três respostas possíveis: autorizado, não autorizado ou autorização pendente. No caso da viagem não ter sido autorizada, o visitante deve ir a uma embaixada ou consulado norte-americano e requerer um visto de não-imigrante antes de viajar. Por outro lado, se a autorização estiver pendente, o visitante terá de voltar a verificar a página do ESTA nas 72 horas seguintes ao pedido de autorização até receber a resposta final. É igualmente exigido que, em caso de autorização, se imprima o documento final para apresentar como prova à entrada do país. A autorização deverá ser solicitada de preferência, logo após a confirmação da sua reserva, ou antes de efectuar a mesma. A autorização é válida por dois anos, a contar da data em que é emitida, ou até o passaporte expirar, o que ocorrer primeiro. O custo é de 14 USD, pago por cartão de crédito no site.
    - Os cidadãos Portugueses que, após Março de 2011, tenham viajado para o Irão, Iraque, Síria, Sudão, Líbia, Somália e Iémen deixam de poder solicitar o E.S.T.A. e necessitam, obrigatoriamente, de solicitar um visto não imigrante (DS-160), através do preenchimento de um formulário online (https://ceac.state.gov/genniv/) e do agendamento de uma entrevista na Embaixada dos E.U.A. em Lisboa, o que deve ser tratado com a devida antecedência para evitar complicações maiores. Tipo de Emolumentos de visto para os EUA: (B) Visitante: Negócios, turismo, tratamento médico. Custo: 160 USD.
    - Para vacinas recomendadas, aconselhamos a "consulta do viajante" www.sns.gov.pt/sns-saude-mais/saude-em-viagem
     
    Política de cancelamento: Em caso de cancelamento, o reembolso relativo ao CIRCUITO está sujeito às seguintes penalizações:
    - Cancelamento com mais de 90 dias de antecedência, reembolso total;
    - Cancelamento entre 90 a 60 dias antes, penalização de 5%;
    - Cancelamento entre 59 a 41 dias antes, penalização de 20%;
    - Cancelamento entre 40 a 31 dias antes, penalização de 50%; e
    - Cancelamento entre 30 a 2 dias antes, penalização total.
    Partilha esta viagem

    Caso necessite de mais informações, preencha o seguinte formulário

    A sua mensagem será encaminhada para os responsáveis e processada com a maior das brevidades. Obrigado
    ERRO
    Enviar