Filtros

Continente

País

    527 - Grande Circuito de Marrocos com 1 noite em tendas no deserto

    Tipo: Circuito
    Partida: Marrakech
    Duração: 11 dias
    Chegada: Marrakech
    Cidades: Marrakech, Essaouira, El Jadida, Casablanca, Meknès, Fez, Rabat, Ait Benhaddou, Ouarzazate, Zag, N Kob, Tazzarine, Erfoud, Dunas de Merzouga, Tineghir

    Itinerário

    Circuito com guia em Espanhol e/ou Português COM PENSÃO COMPLETA
     
    ITINERÁRIO (Resumo):
    1º dia – 
    Portugal / Marrakech (avião)
    2º dia – Marrakech / Essaouira / El Jadida / Casablanca
    3º dia – Casablanca / Meknès / Fez
    4º dia – Fez
    5º dia – Fez / Rabat / Marrakech
    6º dia – Marrakech
    7º dia – Marrakech / Ait Benhaddou / Ouarzazate / Zagora
    8º dia – Zagora / N Kob / Tazzarine / Erfoud / Dunas de Merzouga
    9º dia – Dunas de Merzouga (Deserto) / Tineghir / Ouarzazate
    10º dia – Ouarzazate / Marrakech
    11º dia – Marrakech / Portugal (avião)

     Legenda (P, A, J)
    P = Pequeno-almoço   A = Almoço   J = Jantar 

    1º dia – PORTUGAL  MARRAKECH (-, -, J)
    Partida para Marrakech. Chegada, Recepção e assistência na chegada ao aeroporto de Marrakech. Transfer para o hotel escolhido. Jantar e alojamento no hotel.


    2º dia – MARRAKECH / ESSAOUIRA / EL JADIDA / CASABLANCA (480 km) (P, A, J)
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no hotel, Bem cedo, saída em direcção a Essaouira, para visita desta cidade; localizada na costa Atlântica, é uma antiga fortificação Portuguesa de nome Mogador. A  cidade é considerada por muitos, como a melhor estância de praia de Marrocos, pelos seus extensos areais, dunas e pelo centro histórico, classificado pela UNESCO como Património Mundial em 2009, uma mistura de cidade do século XVIII com um povoado medieval, cercado de muralhas que por sua vez estão rodeadas de canteiros de flores e pelo Oceano Atlântico. Os portugueses sob o comando de Diogo de Azambuja construíram aqui um forte, designado por Castelo Real de Mogador, em 1506. Em 1525 este castelo foi conquistado pelos Marroquinos. Até ao século XVIII era apenas em um pequeno porto. Nessa época o sultão de Marrocos escolheu a localidade para ser o porto exportador do país. Passou então a designar-se Essaouira, embora nunca tenha chegado a atingir uma grande dimensão. O conjunto histórico da cidade encontra-se classificado como Património Mundial pela UNESCO. Nele destacam-se as muralhas e baluartes, onde ainda podem ser apreciadas as antigas peças de artilharia Portuguesas, assim como a primitiva igreja e as fortificações na pequena ilha de Mogador, fronteira ao porto. Almoço de peixe incluído. De tarde, partida para Casablanca, passando por Oualidia e El Jadida. Visita da antiga Mazagão, situada na costa Atlântica, é uma cidade industrial e portuária, além de estância balnear, frequentada sobretudo por Marroquinos. Em termos turísticos, a cidade é conhecida principalmente pela grande cidadela portuguesa — conhecida localmente como a “Cité Portugaise”, — a maior do seu género no Norte de África, talvez à excepção das fortificações de Ceuta, que está classificada pela UNESCO como Património Mundial desde 2004 e foi eleita como uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo em 2009. Mazagão esteve sob o domínio português de 1506 a 1769 e foi a última possessão de Portugal em Marrocos. Foi abandonada e arrasada pelos portugueses em 1769, quando o então primeiro-ministro Marquês de Pombal decidiu transferir os seus habitantes para a Amazónia, no Brasil, que fundaram Nova Mazagão, no Amapá. Chegada tardia a Casablanca. Jantar e alojamento no hotel.


    3º dia – CASABLANCA / MEKNÈS / FEZ (320 km) (P, A, J)
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no hotel. Saída para visita da Capital Económica do País, da qual se destaca o Mercado Central, o distrito de Habous, o Palácio Real, a Praça Mohamed V, a zona Residencial de Anfa, o exterior da Mesquita da Hassan II, entre outros. Foi completamente destruída pelo terramoto de 1755. Nessa época instalaram-se na cidade muitos mercadores espanhóis passando Casa Branca a ser conhecida como Casablanca. Foi ocupada em 1907 pelos franceses que promoveram o seu desenvolvimento. Continuação para Meknès. Almoço incluído em restaurante local. De tarde, visita da capital Ismailia, que tem as muralhas mais longas do Marrocos (40 km), o famoso Bab Mansour Gate, o Royal Stables e o bairro judeu. Continuação para Fez. Jantar e alojamento no hotel.

    4º dia – FEZ (P, A, J)
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no hotel. Dia inteiramente destinado a conhecer a capital Espiritual de Marrocos, da qual destacamos a Medina Medieval, a fonte Nejjarine, o Mausoléu de Moulay Idriss e a Mesquita de Karaouine, vista só do exterior. Almoço típico incluído num restaurante local no coração da Medina. De tarde, visita aos “souks” e de Fez Jdid. Jantar e alojamento no hotel.

    5º dia – FEZ / RABAT / MARRAKECH (495 km) (P, A, J)
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no hotel. Partida para a cidade sagrada de Moulay Driss através das ruínas de Volubilis, a cidade romana. Continuação para Rabat e visita da Capital Administrativa, do Palácio Real (Mechouar), o Jardim Ouadayas & Kasbah, o Mausoléu de Mohamed V e a Mesquita da Torre Hassan. Almoço incluído em restaurante local. Continuação para Marrakech. Chegada, jantar e alojamento no hotel.

    6º dia – MARRAKECH (P, A, J)
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no hotel. Dia inteiramente destinado a conhecer a cidade, a segunda mais antiga do Império, também chamada como a Pérola do Sul. A visita da parte histórica incluirá os Jardins da Menara, um parque e conjunto de hortas a oeste do centro de Marrakech. O nome menara deriva do pavilhão com telhado verde piramidal existente nos jardins e foi construído no século XVI pela dinastia saadiana e renovado em 1869 pelo sultão Abd-el-Rhaman, que ali costumava ficar no verão. O pavilhão e o lago artificial estão rodeados pomares e oliveiras. O lago artificial tem como função irrigar os jardins e pomares à volta, usando um sofisticado sistema de canais subterrâneos chamados qanat. O lago artificial, por sua vez é abastecido com água través de um antigo sistema hidráulico, que retira a água das montanhas a aproximadamente 30 quilómetros de Marraquexe. Seguem-se os túmulos Saadianos, que foram construídos no século XVI como um mausoléu para sepultar numerosos governantes saadianos e alguns artistas, o Palácio da Bahia, a Koutoubia, que é a maior mesquita da cidade e que fica situada na parte sudoeste da almedina, não muito longe da Praça Jemaa el-Fna, à qual está ligada por uma área ajardinada e o Museu Dar Si Said, também conhecido como o Museu das Artes Marroquinas. Almoço incluído no hotel. De tarde, visita aos “Souks”, que constituem o maior mercado tradicional berbere de Marrocos. No passado, os “souks” estavam divididos em áreas de comércio especializadas em determinados produtos, como couros, tapetes, trabalhos em metal e cerâmica. Essas divisões ainda são percetíveis atualmente, mas já há muita sobreposição. Em muitos, vendem-se tapetes e carpetes, malas e sacos de couro, vestuário tradicional marroquino e candeeiros, independentemente dos produtos que outrora lá se vendiam quase exclusivamente. Regatear continua a ser uma parte importante de qualquer transação comercial nos “Souks”.  A visita termina na Praça Djemaa El Fna, uma das praças mais famosas de África, centro da atividade e comércio da cidade. O dia termina com um jantar típico nas tendas do famoso restaurante Chez Ali, animado por atuações de vários grupos folclóricos de várias regiões de Marrocos. 

    7º dia – MARRAKECH / AIT BENHADDOU / OUARZAZATE / ZAGORA (380 km)​ (P, A, J)
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no hotel. Saída com destino a Zagora, passando pelas montanhas do Atlas, atingindo no Tizi n’ Tchika a 2260 metros o seu ponto mais alto, sensivelmente a meio caminho entre Marrakech e Ouarzazate.  A estrada que passa no Tizi n'Tichka é considerada uma das mais pitorescas de Marrocos, pelas vistas deslumbrantes sobre as montanhas mais altas do Alto Atlas. Ao longo da estrada ou perto dela existem várias aldeias tradicionais com casas de pedra ou de terra batida, rodeadas de socalcos e de nogueiras, em que os habitantes se dedicam à agricultura, cultivando trigo, cevada em milho, à hotelaria e à venda de lembranças a quem passa. Entre os produtos mais vendidos encontram-se cerâmica, loiça, artesanato em pedra e fósseis, mas sobretudo rochas e minerais, como ametistas, ónix e outros tipos de quartzo, muitas vezes pintados, ágata, manganês, lápis-lazúli, pirites de cobre, etc. A região é rica em muitos desses materiais, mas muitos dos que são vendidos, não são extraídos localmente. Continuação para Ait Benhaddou, visitando a sua famosa Kasbah.  É uma cidade fortificada, localizada na antiga rota de caravanas entre o Saara e Marrakech. Situa-se numa colina do sopé do Alto Atlas, à beira do rio Ounila, afluente do Ouarzazate, por sua vez afluente do Drá. A cidade é constituída por um grupo de várias pequenas fortalezas, ou kasbahs, chegando a ter dez metros de altura cada uma. A maioria dos habitantes da cidade vive agora numa aldeia mais moderna, no outro lado do rio; no entanto, oito famílias ainda vivem no ksar. Ali foram filmados vários filmes famosos, incluindo Lawrence da Arábia, A Múmia, Gladiador, Alexandre e Príncipe da Pérsia, entre muitos outros. Foi declarado Património Mundial da UNESCO em 1987. Almoço incluído num restaurante local, em frente à Kasbah. De tarde, continuação para Zagora, passando por Ouarzazate e Agdz, percorrendo todo o Vale do Draa. Chegada, jantar e alojamento no hotel.

    8º dia – ZAGORA / N KOB / TAZZARINE / ERFOUD / DUNAS de MERZOUGA (380 km) (P, A, J)
    P
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no hotel. Partida para Tamgroute, nos arredores de Zagora, para uma breve visita ao centro de cerâmica. Continuação para Erfoud, passando por Tansikt, Nkob, com magnificas vistas de aldeia pré-Saharianas e Bérberes. Almoço incluído em Tazzarine, pequena aldeia Bérbere. De tarde, continuação por Alnif e Rissani, local de nascimento da atual dinastia Alaouita e Erfoud, antes de chegarem ao deserto de Merzouga.  Jantar e alojamento no acampamento, em tendas Haima Bérberes (serviços básicos, com wc coletivo).

    9º dia – DUNAS de MERZOUGA (Deserto) / TINEGHIR / OUARZAZATE (375 km) (P, A, J)
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no acampamento. Partida para Tineghir, para visita às gargantas do Todra, um desfiladeiro na parte oriental da cordilheira do Alta Atlas, situado a noroeste da cidade de Tineghir. À semelhança do vizinho Oued Dadès, o Todgha escavou um desfiladeiro muito profundo e estreito, ladeado de escarpas muito íngremes que chegam a ter 200 metros de altura nos últimos 40 km do percurso através das montanhas. Os últimos 600 metros constituem o trecho mais espetacular. Aí, o desfiladeiro fica ainda mais estreito, não ultrapassando os 10 m de largura em alguns lugares, e é ladeado por paredes praticamente verticais de rocha macia que atingem os 160 m de altura. Almoço incluído num restaurante localizado ao pé do desfiladeiro. De tarde, partida para Ouarzazate, atravessando a rota das mil kasbahs, passando por Kelaat-M'Gouna e Skoura. Chegada a Ouarzazate. Jantar e alojamento no hotel.

    10º dia – OUARZAZATE / MARRAKECH (230 km) (P, A, J)
    PENSÃO COMPLETA. Pequeno almoço no hotel. Visita panorâmica da cidade de Ouarzazate, antes de iniciar o caminho de regresso a Marrakech. Chegada. Almoço no hotel. Jantar incluído em restaurante local. Alojamento no hotel

    11º dia – MARRAKECH  PORTUGAL (P, -, -)
    Pequeno almoço no hotel. Transfer para o aeroporto e partida para Portugal.
     
    Legenda (P, A, J)
    P = Pequeno-almoço   A = Almoço   J = Jantar

     
    Fim dos nossos serviços.


    Datas, Preços, Suplementos

    DATAS de PARTIDA:    
     
    ÉPOCA MÉDIA ÉPOCA ALTA
    Junho 2019:
    07+14+21+28
    Março 2019:
    01+08+15+22+29
    Julho 2019:
    05+12+19+26
    Abril 2019:
    05+12+19+26
    Agosto 2019:
    02+09+16+23+30
    Maio 2019:
    03+10+17+24+31
    Setembro 2019:
    06+13+20+27
    Outubro 2019:
    04+11+18+25


    Preço por pessoa segundo ocupação no quarto (mínimo 2 participantes):
     
    HOTÉIS PREVISTOS ou SIMILARES:
    (Classificação de acordo com as normas hoteleiras vigentes em Marrocos) 
     
    Opção A) Categoria 4*
    MARRAKECH – Hotel Atlas Asni 4*  
    CASABLANCA – Hotel Novotel Casablanca 
    ZAGORA – Hotel Palais Asmaa 
    MERZOUGA – Bivouac “La belle Etoile” (serviços básicos, com wc colectivo)
    OUARZAZATE – Hotel Karam Palace
     
    PERÍODO DUPLO SINGLE
    Época Média 1 410,00 € 1 615,00 €
    Época Alta 1 450,00 € 1 685,00 €
     

    Opção B) Categoria 5* Standard
    CASABLANCA – Hotel Movenpick 
    ZAGORA – Riad Lamane
    MERZOUGA – Bivouac “La belle Etoile” (serviços básicos, com wc colectivo)
    OUARZAZATE – Ksar Ighnda
     
    PERÍODO DUPLO SINGLE
    Época Média 1 700,00 € 2 090,00 €
    Época Alta 1 735,00 € 2 135,00 €
     

    Nota: Este programa foi calculado com base numa tarifa aérea acordada com a companhia aérea Tap Air Portugal. Caso não haja disponibilidade de lugares nessa tarifa, ofereceremos uma alternativa no escalão tarifário seguinte, mediante suplemento. A classe de reserva que serve de base ao programa é a classe “E”.

    SUPLEMENTO de TARIFA AÉREA com a TAP (Partidas do Porto, Lisboa e Faro):
     
    Período Classe E Classe U Classe L Classe K Classe A
    01/03/19 a 31/10/19 sem supl. 8,00 € 12,00 € 26,00 € 28,00 €
     

    Taxas de aviação (partida de Lisboa) = 132,00 € por pessoa (a reconfirmar na data de emissão dos bilhetes) (Taxas para Porto e Faro – consultar)
     
    Preço final por pessoa = Preço do quadro de acordo com a opção escolhida + Suplemento de Tarifa Aérea (se existir) + Taxas de Aviação (a reconfirmar na altura da emissão dos Bilhetes)

    Outras Informações

    O que está incluído:
    - Passagem aérea mencionada em classe económica
    - Transporte aeroporto / hotel / aeroporto
    - Transporte terrestre para o itinerário previsto
    - Circuito regular em conjunto com outras pessoas, que podem ser de outras nacionalidades
    - Guia a falar Espanhol e/ou Português
    - 10 noites de estadia nos hotéis previstos ou similares e 1 noite em Bivouac
    - Regime de PENSÃO COMPLETA, inclui jantar Fantasia em Marrakech no Restaurante Chez Ali
    - Entradas nos museus indicados no programa
    - Bagageiros nos hotéis
    - No autocarro, transporte gratuito de 1 mala por pessoa (máximo 30 quilos)
    - Seguro de viagem

    O que não está incluído:
    - Taxas de Aeroporto (a confirmar depois de cálculo)
    - Bebidas às refeições e extras de carácter pessoal
    - Gorjetas para guias e motoristas

    Seguro de viagem:
    - Todas as viagens organizadas pela 4x4 Viagens, estão cobertas por um seguro de viagem
    - Existem três tipos de seguro: o MULTIVIAGENS (incluído no preço), o MULTIVIAGENS VIP e o MULTIVIAGENS ALL IN.
    - As condições gerais de cada seguro poderão ser consultadas no final da página do nosso site.

    Passaporte, Vistos e Vacinas:
    - Passaporte com validade mínima de 6 meses
    - Não é necessário visto
    - Não são obrigatórias vacinas


    Condições especiais de cancelamento:
    Consultar as condições gerais (ver no final da página).
    Partilha esta viagem

    Caso necessite de mais informações, preencha o seguinte formulário

    A sua mensagem será encaminhada para os responsáveis e processada com a maior das brevidades. Obrigado
    ERRO
    Enviar